Viagra serve para tratamento de próstata? Conheça seus efeitos | Dr. Eduardo Costa

viagra serve para tratamento de prostata

O Viagra serve para tratamento de próstata aumentada?

Esta é uma dúvida muito frequente no consultório.

Mas na verdade, existem alguns detalhes acerca deste tema.

O objetivo deste artigo é explicar se o Viagra serve para tratamento de próstata e como ele age.

O que é o Viagra?

O Viagra® é um dos nomes comerciais do princípio ativo chamado sildenafila.

Este é um medicamento utilizado para o tratamento da disfunção erétil.

Ele é utilizado sob demanda, ou seja, o seu uso é somente antes das relações.

Apresenta doses de 25, 50 e 100mg, que são adaptadas de acordo com cada caso.

A duração do seu efeito é de aproximadamente 04 horas.

No entanto, esse tempo é variável, de acordo com características específicas de cada paciente.

viagra serve para tratamento de prostata
Viagra serve para tratamento de próstata aumentada? Esta é uma dúvida extremamente comum.

Como ele age?

Ele é um vasodilatador que inibe temporariamente a fosfodiesterase 5, uma enzima presente nos corpos cavernosos do pênis.

Para compreendermos melhor como este medicamento age, é fundamental entendermos a anatomia peniana e a fisiologia da ereção.

Os corpos cavernosos são ao estruturas presentes no pênis responsáveis por encherem de sangue após estímulos sexuais e promoverem a ereção.

Normalmente, eles apresentam-se contraídos e mantém o pênis em estado flácido.

A enzima fosfodiesterase 5 está presente nos corpos cavernosos e tem a função de diminuir o fluxo sanguíneo local e manter a flacidez peniana natural.

A sildenafila inibe temporariamente esta enzima.

Ou seja, ocorrerá um maior relaxamento dos corpos cavernosos, maior aporte sanguíneo nessa região e, consequentemente, uma ereção mais rígida e satisfatória.

Forma correta de tomar

O ideal é tomar o Viagra® da seguinte forma:

  • 01 a 02 horas antes da relação sexual;
  • De jejum ou com o estômago vazio;
  • Não misturar com bebidas alcoólicas;
  • Tomar somente após prescrição médica.

Esse intervalo é essencial para que o medicamento seja devidamente absorvido e atinja o seu pico de ação, apresentando o melhor efeito possível.

Viagra serve para tratamento de próstata aumentada?

Sim, o Viagra serve para tratamento de próstata aumentada. No entanto, ela não é a medicação mais recomendada para esta finalidade.

Apesar de relaxar a musculatura da bexiga, uretra e facilitar a saída da urina, normalmente é utilizado sob demanda, ou seja, antes de ter relações.

Esta frequência das relações é variável entre os casais, mas normalmente não é diária.

Desta forma, o seu efeito é temporário e insuficiente para o tratamento de próstata aumentada a longo prazo.

Para um efeito benéfico é necessário um medicamento de uso diário, como a tadalafila.

Tadalafila serve para tratamento de próstata?

Sim. A tadalafila é o tratamento de escolha para pacientes com disfunção erétil e hiperplasia prostática benigna.

Quando utilizada diariamente em pequenas doses, tem efeitos benéficos no tratamento de ambas as doenças.

De acordo com um estudo científico publicado no British Journal of Urology International, o uso da tadalafila 05mg a longo prazo é eficaz e seguro, além de fornecer uma melhora significativa dos sintomas urinários de armazenamento e esvaziamento.

Como a tadalafila age na próstata?

A tadalafila age relaxando a musculatura da próstata, uretra e da bexiga.

Desta forma, facilita a saída da urina e promove uma melhora dos sintomas urinários e da qualidade de vida dos homens.

No entanto, este medicamento apresenta algumas limitações:

  • Não melhora o fluxo urinário;
  • Não diminui o tamanho da próstata;
  • Não diminui a chance de retenção urinária.

Desta forma, esta é uma opção de tratamento que possui certas limitações e deve ser acompanhada pelo médico urologista.

O uso combinado deste medicamento com outros, pode fornecer benefícios adicionais ao tratamento.

Modo de uso

É recomendado o uso diário da tadalafila diária no mesmo horário, independente se for ou não ter relações.

Este medicamento só deve ser utilizado após avaliação pelo médico urologista e prescrição médica.

Não é recomendado o uso recreativo ou sem acompanhamento profissional.

Como tratar próstata aumentada e disfunção erétil?

Existem diversos tipos de tratamentos que devem ser individualizados de acordo com o grau de cada doença e características individuais dos homens.

Ou seja, este tratamento é extremamente individual e pode variar desde alterações no estilo de vida, uso de medicamentos ou até cirurgias específicas.

Onde tratar?

Realizo a investigação e tratamento tanto da impotência sexual, quanto da próstata aumentada, no meu consultório localizado no Jardim Paulista, São Paulo -SP.

Caso sejam necessários procedimentos, realizo nos principais hospitais de São Paulo -SP.

Para entrar em contato clique aqui ou no símbolo de WhatsApp ao lado.

Conclusão

Neste artigo explicamos que o Viagra serve para tratamento da próstata aumentada.

No entanto, o vasodilatador mais recomendado é a tadalafila na sua dose diária.

Espero que tenham gostado do artigo!

Um abraço.

Perguntas frequentes

Quem fez cirurgia de próstata pode tomar Viagra®?

Sim, inclusive o uso de vasodilatadores (sildenafila, tadalafila) são um dos principais tratamentos para a disfunção erétil, após a cirurgia de câncer de próstata.

Nenhum problema na próstata contraindica o uso do Viagra®.

As contraindicações são: pacientes que fazem uso de nitrato, alterações cardiovasculares recentes como acidente vascular encefálico, infarto agudo do miocárdio e insuficiência cardíaca grave.

Qual o benefício do Viagra® para próstata?

O Viagra® apresenta diversos benefícios para a próstata.

Ele melhora os sintomas urinários de armazenamento (acordar a noite para urinar, aumento da frequência urinária, urgência miccional) e de esvaziamento (jato urinário fraco, esforço miccional, gotejamento).

Referências

  1. Donatucci, Craig F et al. “Tadalafil administered once daily for lower urinary tract symptoms secondary to benign prostatic hyperplasia: a 1-year, open-label extension study.” BJU international vol. 107,7 (2011): 1110-6. doi:10.1111/j.1464-410X.2010.09687.x
  2. Ko, Woo Jin et al. “Daily use of sildenafil 50mg at night effectively ameliorates nocturia in patients with lower urinary tract symptoms associated with benign prostatic hyperplasia: an exploratory multicenter, double-blind, randomized, placebo-controlled study.” The aging male : the official journal of the International Society for the Study of the Aging Male vol. 20,2 (2017): 81-88. doi:10.1080/13685538.2016.1204290
  3. Zahir, Mazyar et al. “Sildenafil Vs. Tadalafil for The Treatment of Benign Prostatic Hyperplasia: A Single-arm Self-controlled Clinical Trial.” Urology journal vol. 20,4 255-260. 26 Jul. 2023, doi:10.22037/uj.v20i.7593

Artigo escrito por:

Dr. Eduardo Costa

Dr. Eduardo Costa

Médico Urologista. CRM: 175220-SP | RQE: 103714 Especialista em Cirurgia Minimamente Invasiva (Cirurgia Robótica, Videolaparoscopia e Laser)

Utilizamos cookies para tornar melhor a sua experiência em nosso site. Assim, podemos personalizar conteúdos e oferecer uma navegação mais segura. Ao continuar, você aceita o uso de cookies. Acesse nossa Política de Privacidade para saber mais