Ureterolitotripsia: Conheça a cirurgia, indicações e recuperação | Dr. Eduardo Costa

ureterolitotripsia

A ureterolitotripsia é uma cirurgia realizada de forma rotineira por médicos urologistas.

Ela exige materiais e profissionais qualificados para o seu sucesso, assim como o seguimento de diversas orientações após o procedimento.

Desta forma, o objetivo deste artigo é explicar tudo sobre a ureterolitotripsia, como ela é feita, indicações, recuperação e cuidados no pós operatório.

O que é ureterolitotripsia?

É uma cirurgia endoscópica para fragmentar e remover cálculos localizados no ureter ou dentro dos rins.

Pode ser chamada de ureterolitotripsia transureteroscópica.

Ela é feita por médicos urologistas no centro cirúrgico.

É um procedimento minimamente invasivo, feito por dentro das vias urinárias, em que não há realização de cortes ou incisões no abdome.

O ureteroscópio é o dispositivo utilizado para esse procedimento.

Ele é um fino tubo que contém uma micro câmera, uma fonte de luz e um fluxo constante de soro fisiológico, que possibilita a distensão e a visualização da bexiga e do ureter.

Estas imagens são reproduzidas em um monitor de vídeo em tempo real.

A fragmentação dos cálculos é realizada através de energia a laser e a remoção dos fragmentos por dispositivos específicos.

Urologista Particular em São Paulo, Dr. Eduardo Costa
A ureterolitotripsia é uma cirurgia endoscópica realizada para a remoção de cálculos localizados no ureter e dentro dos rins.

Tipos

Existem basicamente dois tipos de ureterolitotripias: semirrígida e flexível.

A semirrígida é a escolha quando o cálculo está em porções do ureter (ureterolitíase) próximos a bexiga.

Ela é realizada através de um dispositivo rígido e estático chamado ureteroscópio, que não possui flexões ou deflexões.

Já a flexível, é uma opção quando os cálculos estão próximos ou no interior dos rins.

O dispositivo utilizado é chamado de ureteroscópio flexível e permite a deflexão em até 275 graus.

Indicações

A ureterolitotripsia é indicada para a maioria dos cálculos localizados no ureter ou no interior dos rins.

Ela não é o procedimento mais recomendado para cálculos coraliformes ou extensos.

Nestes casos, pode ser necessário mais do que um procedimento para a fragmentação total do cálculo.

De acordo com uma revisão sistemática publicada no European Urology, a cirurgia endoscópica apresenta menores taxas de sucesso na fragmentação total de cálculos extensos quando comparada a tratamentos percutâneos.

No entanto, apresenta menor taxa de complicações e tempo de internação hospitalar.

Contraindicações

Esta cirurgia não deve ser realizada em vigência de:

  • Infecções urinárias;
  • Alterações de coagulação;
  • Gestação;
  • Instabilidade clínica;
  • Contraindicação anestésica.

Preparo

É essencial realizar antes desse procedimento o seguinte preparo:

  • Jejum de 8 horas;
  • Exame de urina e urocultura;
  • Exames pré operatórios (sangue, eletrocardiograma e radiografia de tórax);
  • Avaliação anestésica (e/ou cardiológica, se necessário).

Caso este procedimento seja feito em caráter de urgência, este preparo pode ser modificado.

Anestesia

A anestesia depende do tipo de cirurgia.

No caso da semirrígida (para cálculos mais próximos a bexiga), pode ser realizada uma sedação, raquianestesia ou geral.

Já para a ureterolitotripsia flexível (cálculos mais próximos dos rins ou no seu interior) deve ser realizada a anestesia geral.

Como é feita?

Este procedimento é feito em centro cirúrgico.

O paciente permanece em posição de litotomia durante todo o procedimento, ou seja, deitado com as pernas elevadas.

O ureteroscópio é inserido gradualmente na uretra e a infusão de soro fisiológico permite a distensão e melhor visualização das estruturas.

Após isso, haverá a passagem de um fio guia hidrofílico da bexiga até os rins, que possibilita uma melhor navegação no interior do ureter.

Caso o cálculo esteja no ureter, ele é fragmentado através de energia a laser e os seus fragmentos são removidos.

No entanto, se o cálculo estiver no interior do rim ou próximo a ele, é realizada a passagem de uma bainha ureteral, seguido da passagem do ureteroscópio flexível.

Este dispositivo permitirá uma navegação no interior dos rins, identificação, fragmentação e remoção dos cálculos.

No fim deste procedimento, é inserido um cateter duplo J com ou sem fio (a depender dos critérios intraoperatórios).

O paciente pode receber alta no mesmo dia ou no dia seguinte ao procedimento.

Riscos e complicações

Dentre os principais riscos e complicações, destacam-se:

  • Sangramento;
  • Perfuração ureteral;
  • Infecções urinárias;
  • Lesão traumática;
  • Estenose de ureter.

Vale lembrar que este é um procedimento simples, de baixa complexidade, realizado rotineiramente por médicos urologistas.

Recuperação

O tempo de recuperação é de 7 a 14 dias.

Neste período podem ocorrer certos desconfortos.

Alguns pacientes apresentam um desconforto na região lombar, que se irradia para o abdome.

Esse desconforto é tratado com o uso de medicamentos analgésicos, anti-inflamatórios e antiespasmódicos que são prescritos após a alta.

Caso o paciente esteja com o cateter duplo J, ele costuma referir uma maior vontade de urinar e um desconforto no final da micção.

Este sintoma é resultado do contato do duplo J com a bexiga.

Pode ocorrer ainda sangramento na urina ou uma coloração mais acastanhada. Isso é decorrente do procedimento e não desencadeia anemia.

Cuidados no pós operatório

Existem diversos cuidados que os pacientes devem tomar após a cirurgia, destacando-se:

  • Ingerir 2 a 3 litros de água fracionada por dia (quantidade pode variar);
  • Caso esteja com duplo J com fio, usar roupas leves e soltas;
  • Não tracionar o fio do cateter duplo J;
  • Retornar ao pronto socorro, caso ocorra febre, calafrios ou dor refratária aos medicamentos;

Onde fazer ureterolitotripsia?

Realizo esta cirurgia nos principais hospitais de São Paulo (SP), junto com minha equipe.

Estamos à disposição para receber você em meu consultório.

Ele fica localizado no Jardim Paulista em São Paulo, próximo aos bairros: Jardins, Bela Vista, Pinheiros, Higienópolis e Consolação.

Para entrar em contato, clique aqui ou no símbolo de WhatsApp ao lado.

Qual o valor da ureterolitotripsia?

Os honorários médicos costumam ser cobertos de forma parcial ou total pelo convênio.

Caso a internação seja particular, os preços variam de acordo com o hospital e materiais utilizados para o procedimento.

Conclusão

Neste artigo, explicamos o que é a cirurgia de ureterolitotripsia, suas indicações, como ela é feita, recuperação e cuidados no pós operatório.

Esta é uma cirurgia realizada rotineiramente por médicos urologistas.

Espero que tenham gostado do artigo!

Um abraço.

Perguntas frequentes

O que é cirurgia de ureterolitotripsia?

É o procedimento endoscópico de fragmentação e retirada de pedras no ureter e rins (cirurgia de pedras nos rins a laser), realizado em centro cirúrgico pelo médico urologista.

Qual a diferença entre nefrolitotripsia e ureterolitotripsia?

A diferença é a localização dos cálculos fragmentados e retirados.

Na nefrolitotripsia, eles são retirados do interior dos rins, enquanto na ureterolitotripsia, eles são removidos do ureter.

Referências

  1. Pietropaolo, Amelia et al. “Trends of ‘urolithiasis: interventions, simulation, and laser technology’ over the last 16 years (2000-2015) as published in the literature (PubMed): a systematic review from European section of Uro-technology (ESUT).” World journal of urology vol. 35,11 (2017): 1651-1658. doi:10.1007/s00345-017-2055-z
  2. Kallidonis, Panagiotis et al. “Minimally Invasive Surgical Ureterolithotomy Versus Ureteroscopic Lithotripsy for Large Ureteric Stones: A Systematic Review and Meta-analysis of the Literature.” European urology focus vol. 3,6 (2017): 554-566. doi:10.1016/j.euf.2017.04.006

Artigo escrito por:

Dr. Eduardo Costa

Dr. Eduardo Costa

Médico Urologista. CRM: 175220-SP | RQE: 103714 Especialista em Cirurgia Minimamente Invasiva (Cirurgia Robótica, Videolaparoscopia e Laser)

Utilizamos cookies para tornar melhor a sua experiência em nosso site. Assim, podemos personalizar conteúdos e oferecer uma navegação mais segura. Ao continuar, você aceita o uso de cookies. Acesse nossa Política de Privacidade para saber mais